RODOVIAS DO BRASIL

AO MENOS 11 MORREM EM RODOVIAS DE SC NO FERIADÃO




Nas BRs, foram 7 mortes e nas SCs, quatro de quarta a domingo

Condutor de Corsa morreu em acidente na BR-101, em Imbituba (Foto - Divilgação/Luiz Souza/NSC)


Ao menos 11 pessoas morreram em acidentes de trânsito nas rodovias de Santa Catarina no feriado prolongado de Corpus Christi. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), sete mortes foram registradas em BRs entre quarta-feira (19) e domingo (23). Já nas rodovias estaduais, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) registrou quatro óbitos até a manhã desta segunda-feira (24). 


Nas rodovias estaduais foi registrado uma queda no número de mortes. Em 2018, foram sete óbitos, e neste ano, quatro. No total, em 2019 foram registrados 81 acidentes, sendo 42 com vítimas e 58 pessoas feridas. 

Para a PMRv, o número é menor por conta do reforço na fiscalização das SCs. Foram montadas 339 barreiras em todo o Estado e mais de 5,9 mil veículos foram abordados neste período. A polícia ainda flagrou 71 motoristas embriagados, sendo que 14 deles foram levados para a delegacia. Este tipo de flagrante aumentou 250% em comparação com o ano passado, quando somente 20 motoristas foram autuados dirigindo bêbados. O número de prisões também teve aumento, foram seis em 2018 para 14 em 2019.

Já nas rodovias federais a situação é inversa. Houve aumento no número de mortes em comparação com 2018. Foram três óbitos no ano passado para sete no feriado deste ano.

De acordo com a PRF, em 2018, o Corpus Christi foi celebrado em plena greve dos caminhoneiros, quando houve uma circulação menor de veículos nas rodovias federais, segundo Luiz Graziano, do núcleo de comunicação da PRF. 

Para Graziano, todos os acidentes do feriado deste ano poderiam ter sido evitados. A imprudência é ainda a maior causa. 

— Na BR-282, a gente observou colisões frontais. Os acidentes graves, mesmo os que não tiveram óbitos, foram causados invasão de faixa contrária, acidentes típicos de ultrapassagem em local proibido — explicou.


Confira o número de mortes nas rodovias federais nos últimos anos, durante o feriado de Corpus Christi:

2015: 253 acidentes, 146 feridos, 8 mortos

2016: 178 acidentes, 136 feridos, 13 mortos

2017: 143 acidentes, 150 feridos, 7 mortos

2018: 77 acidentes, 76 feridos, 3 mortos

2019: 116 acidentes, 129 feridos, 7 mortos


Onde ocorreram os acidentes

No sábado, um jovem de 23 anos morreu após cair da moto no km 490 da BR-282, em Faxinal dos Guedes. Até a sexta-feira, já eram quatro mortos, número que supera o registro na operação inteira no ano passado. 

Foram duas mortes na sexta-feira, o motorista de um caminhão, na BR-470, em Ponte Alta, após uma saída de pista e o condutor de um Corsa, morto durante a madrugada após uma colisão traseira na na BR-101 em Imbituba. 

Na quinta, foram outras duas vítimas fatais, um jovem de 22 anos morto após bater de frente o Polo que conduzia em um caminhão por volta das 19h30 na BR-282 em Nova Itaberaba, no Oeste e um pedestre que morreu após ser atropelado na BR-101 em Balneário Camboriú. 

Por volta das 18h50 de quarta-feira, uma idosa de 69 anos morreu após se envolver em um acidente com três veículos na BR-282 em São José do Cerrito, na Serra. Ela conduzia um Siena que bateu em outros dois Gols. 


Mortes nas rodovias estaduais

Nas rodovias estaduais, das quatro mortes registradas no período, duas foram em Chapecó, uma em Timbó e outra em Piratuba. Três delas ocorreram na sexta e uma na quarta. 

— Viemos em uma crescente de redução de acidentes e mortes, temos investido muito em fiscalização, principalmente Lei Seca — explicou o comandante da PMRv, o tenente-coronel Evaldo Hoffmann.

Na sexta-feira, às 9h50min, no km 192 da SC-477, em Timbó, um jovem de 24 anos morreu após após uma saída de pista. Mais tarde, às 18h10min,  um jovem de 21 anos morreu após uma colisão frontal com um caminhão, no km 147 da SC-480, em Chapecó. 

Ainda na sexta, às 23h15min, um ciclista de 25 anos morreu após uma colisão com um Chevette. O acidente foi no km 73 da SC-108, em Chapecó. Na quarta-feira, um idoso de 69 anos morreu após ser atropelado por um Fiat Strada no km 54 da SC-390, em Piratuba.